Doutora Suzy

Manchas da Pele

Os transtornos da pigmentação estão entre as causas mais comuns na busca por tratamentos dermatológicos. As manchas escuras na pele do rosto, denominadas melasma ou cloasma, causadas pela exposição solar em pacientes predispostos, são bastante frequentes, bem como as manchas decorrentes de inflamações por acne (espinhas) ou qualquer processo inflamatório da pele.

A compreensão dos fenômenos envolvidos na formação das manchas escuras pós-inflamatórias e até mesmo dos ligados à melhora – ou a dificuldade no tratamento, pode vir ao entender a anatomia da pele: a epiderme abriga células chamadas melanócitos, que são responsáveis pela produção do pigmento marrom melanina. Quando há um processo de inflamação, as células com pigmento se rompem e a melanina extravasa, caindo na derme. Células de limpeza tecidual englobam este material, mas dificilmente conseguem eliminá-lo. Daí nossa dificuldade em remover manchas causadas por inflamações na pele. Quanto mais moreno o indivíduo for, maior será o extravasamento de pigmento. Por isso, pacientes morenos mancham mais! Temos de tomar cuidado com procedimentos agressivos que podem piorar a pele do paciente.

Manchas claras também podem ser motivo de preocupação ao paciente. Entre as mais comuns, temos a doença denominada vitiligo, em que o paciente perde totalmente a capacidade de produzir pigmento (destruição dos melanócitos da área).

As “sardas brancas”, que são as manchas solares por esgotamento dos melanócitos, ocorrem nas áreas expostas (face, braços, “V” do decote, pernas, rosto) em pacientes que tomaram sol cronicamente, isto é, por muitos anos, porém, sem a proteção solar adequada.

Há inúmeros tratamentos para as manchas, e eles devem se adequar a cada tipo de pele e circunstância. Hoje, empregamos desde ácidos a peelings, passando pelos LASERs. Há grave risco quando o paciente se medica sozinho, tratando as manchas como coisas similares. Tumores de pele podem começar como manchas de pele, sendo necessário, portanto, diagnóstico adequado. Procure o seu dermatologista, tire suas dúvidas e trate-se com segurança.

A reprodução dos textos contidos neste site é livre desde que citada a fonte com link para o original.
©2011. Dra. Suzy Rabello. Todos os direitos reservados
dermatologia